Desenvolvendo um projeto prático com Java + EclipseLink ORM

Estou disponibilizando no meu canal do YouTube (https://youtube.com/rafaelpinheiro) uma série de vídeos mostrando como desenvolver uma aplicação em linguagem Java (utilizando o NetBeans IDE), se conectando com um banco de dados do MySQL e usando o framework ORM (Mapeamento Objeto Relacional) EclipseLink (https://www.eclipse.org/eclipselink/).

O framework EclipseLink é muito semelhante e tem a mesma função que o Hibernate, ou seja, prover a abstração dos dados de forma simples e transparente, mapeando as tabelas do banco de dados e, a partir delas, criar uma estrutura orientada a objetos (através de classes). Além disso, o framework também oferece “classes controladoras”, contendo métodos para operações corriqueiras no banco de dados (como: insert, update, delete e select). Dessa forma, nós desenvolvedores ficamos mais focados no que realmente importa, que é a regra de negócio do projeto, e a parte de persistência de dados fica a cargo do framework.

O objetivo de criar o presente post (e que, inclusive, será linkado em todos os vídeos dessa série) é fornecer um material de apoio, muito importante para o acompanhamento das aulas. A seguir mostrarei para vocês os requisitos do projeto prático que será desenvolvido, o modelo relacional do banco utilizado, dentre outras informações relevantes.

Sobre o projeto

O projeto desenvolvido terá como objetivo gerenciar o empréstimo (e devolução) de materiais (recursos didáticos) em uma escola (Ex: notebooks, projetores, lousa digital, dentre outros). Para isso, teremos o cadastro de funcionários e o cadastro dos materiais, além do próprio cadastro dos empréstimos e seus itens (os materiais que foram emprestados). O modelo ilustrado a seguir representa o banco de dados da aplicação, com as tabelas, atributos e relacionamentos.

Modelo do banco de dados do Projeto ControleEmprestimos

Na tabela “emprestimo” serão salvas as informações do próprio empréstimo, bem como do “funcionario” que retirou os materiais. Enquanto um empréstimo estiver com o “statusemprestimo” definido como “aberto”, a “horadevolucao” se manterá nula. Quando o funcionário devolver os materiais (e consequentemente encerrar o empréstimo), o “statusemprestimo” será alterado para finalizado, e a hora de devolução será armazenada na coluna correspondente.

OBS: Caso queira baixar o arquivo de texto contendo todo o código DDL de criação das tabelas, clique aqui.

Ferramentas

Para o desenvolvimento do projeto “ControleEmprestimos”, vou utilizar as seguintes ferramentas:

Caso tenham qualquer dúvida, é só deixar o seu comentário aqui nesse post.

Espero que gostem do conteúdo.

Abs!

É formado em Sistemas de Informação, pós-graduado em Sistemas de Banco de Dados e mestre em Educação com foco em Tecnologias Sociocomunitárias. Trabalha como professor de ensino técnico e tecnológico no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo ministrando disciplinas nas áreas de programação, banco de dados, desenvolvimento de projetos e engenharia de software.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *